Por conta da confusão, o evento foi encerrado antes do horário previsto.

O empresário que levou o tapa no rosto se chama Aderbal Oliveira, que tem uma fazenda no distrito. Ele afirmou que a comunidade estava reunida com o prefeito cobrando melhorias e que foi ofendido pelo prefeito. Ele admitiu que, na discussão, chamando o prefeito de moleque.

Em nota, o prefeito Léo Dourado disse que o empresário desferiu insultos e xingamentos contra ele e que por inúmeros vezes também tentou agredi-lo, sendo, no entanto, contido pelas pessoas.

O prefeito ainda disse que tentou ser o mais cordial possível, mas que chegou ao limite e, de cabeça, quente revidou. Na nota, ele ainda pediu perdão a todos os presentes na reunião e disse reconhecer os seus excessos.

Até esta sexta-feira, o empresário agredido não tinha registrado nenhuma queixa.

CONTINUE LENDO