BUSCA PELA CATEGORIA "CHAPADA DIAMANTINA"

  • Municípios turísticos baianos têm alta ocupação hoteleira na Semana Santa

    Foto: Reprodução

    O feriado prolongado da Semana Santa será de bons resultados para a rede hoteleira de importantes destinos turísticos do interior baiano, com taxas de ocupação superiores a 80%. No caso de Itacaré e Morro de São Paulo, as taxas são ainda mais elevadas e a expectativa é a de ter os meios de hospedagem lotados.

    Na Costa do Cacau, Itacaré tem 97% dos apartamentos de hotéis e pousadas ocupados. Durante o feriadão, a cidade recebe a 3ª edição do Festival de Forró, a ser realizado de quinta-feira (18) até sábado (20). Estão confirmados grandes nomes do ritmo nordestino, a exemplo de Targino Gondim, Elba Ramalho, Tato (Falamansa), Carlos Pitta e Quinteto Sanfônico. “Cerca de 15 mil turistas devem visitar a cidade”, estima o secretário municipal de Turismo de Itacaré, Júlio Oliveira, que espera ver lotada a rede hoteleira até o início do festival. 

    A pousada Vila do Dengo, em Itacaré, já garantiu ocupação total. Segundo o recepcionista Sílvio Borges, os 42 apartamentos foram reservados diretamente pelos hóspedes ou por operadoras de turismo. 

    Em Morro de São Paulo, a expectativa é de também alcançar 100% entre esta Sexta-Feira da Paixão (19) e o Domingo de Páscoa (21), de acordo com a Secretaria Municipal de Turismo. Nos 32 apartamentos da pousada Mareia, os hóspedes serão baianos de Salvador e Feira de Santana, brasilienses e goianos.

    Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, garantiu 93%, conforme o presidente da seção Extremo Sul da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), Wilson Spagnol. No Oceano Porto Hotel, os 60 quartos vão receber principalmente mineiros e baianos. Segundo a gerente de reservas Andréia Miranda, os pacotes foram fechados há três meses.

    Chapada Diamantina 

    Para a Semana Santa, a ocupação hoteleira média em Mucugê é de 80%. “A busca por hospedagem deve ser intensificada até a próxima semana, podendo chegar a 100%”, avalia o secretário municipal de Turismo, Euvaldo Ribeiro. No sábado (20), a cidade sedia a Corrida do Diamante (20), cujo percurso inclui trilhas historicamente utilizadas por garimpeiros para explorar minérios da Chapada Diamantina.

    O feriadão será de casa cheia para a pousada Alpina. “Dos 32 apartamentos, só temos quatro disponíveis, mas reservas feitas no decorrer da semana podem nos levar a 100%”, disse a proprietária Ângela Pina. Metade das suítes foi reservada por pernambucanos que vão competir no evento esportivo.

    Em Lençóis, a média registrada com reservas também é de 80%, mas a expectativa do presidente do Conselho Municipal de Turismo, Anselmo Macedo, é de melhora. “A Semana Santa é um feriado que sempre promete por conta da folga na sexta-feira. Esperamos elevar a taxa até o fim da semana”.

  • Cipe Chapada inaugura Canil na cidade de Ruy Barbosa

    Foto: Divulgação/SSP

    A cidade de Ruy Barbosa, distante 321 km de Salvador, ganhou na quarta-feira (3), uma nova ferramenta no combate ao tráfico de drogas. A Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Chapada inaugurou o Canil da unidade especializada da Polícia Militar.

    O cão Luke, da raça Pastor Mallinois, é o primeiro do Canil e treinado para farejo de entorpecentes. Uma equipe do Batalhão de Choque, responsável pelo treinamento do efetivo canino da PM, participou do evento. Ficou a cargo dela a capacitação dos operadores, inspeção final e autorização para implantação.


     

    Participaram da solenidade militar o prefeito de Ruy Barbosa, Claudio Serrada, a prefeita de Macajuba, Mary Dias, oficiais de outras unidades, vereadores, entre outras autoridades. "Dia importanta para a história da Cipe Chapada. O objetivo é aumentar a nossa produtividade e melhorar o serviço prestado à população", falou o comandante da unidade, major Ricardo Passos.

    Durante discurso, o oficial agradeceu e entregou placas aos representantes do Batalhão de Choque e aos prefeitos de Ruy Barbosa e Macajuba pela parceria fundamental no planejamento e criação do Canil.

    CONTINUE LENDO
  • Prefeitura de Jacobina decreta situação de emergência e disponibiliza informações após fortes chuvas no município

    Foto: Divulgação

    A Prefeitura de Jacobina traz à população o primeiro balanço de informações após as fortes chuvas da madrugada deste dia 02 de abril. Houve um registro pluviométrico de 180 mm entre o período de 01h30 às 04h00 de hoje, com vários danos registrados na sede e interior do município.

    A Rua Margem Rio do Ouro, principal logradouro do bairro do Leader, teve registro de inundações em residências e comércios, desabamento em uma residência, queda de duas pontes de acesso à uma Escola e também de acesso a uma residência, rompimento de rede água e danos à pavimentação.

    A Coordenação de Defesa Civil do município registrou dois desmoronamentos no Bairro da Bananeira, e a iminência de desabamento em uma residência no Bairro da Serrinha.

    Na região central da cidade inundações foram registradas na Praça Rio Branco, Rua Senador Pedro Lago, Praça Getúlio Vargas (Mercado Velho) e Avenida Orlando Oliveira Pires.

    Na BR-324 no trecho entre o Posto Fiscal e o contorno de Cachoeira Grande foram registradas cinco quedas de árvores e um deslizamento de terra, a via já está sendo monitorada pela Polícia Rodoviária Estadual desde as primeiras horas do dia.

    Informamos ainda que os serviços meteorológicos alertam para a possibilidade de chuvas nas próximas 48 horas, alertamos à transeuntes, motociclistas e motoristas, principalmente de veículos pesados que redobrem a atenção nas áreas afetadas, a exemplo do Bairro Félix Tomaz, onde a Embasa está realizando a obra de esgotamento sanitário, e no Bairro do Leader, local mais afetado pelas águas.

    A Prefeitura tem disponibilizado desde as primeiras horas do dia todo seu staff de prepostos da Coordenação de Defesa Civil, Limpeza Pública, Setor de Engenharia, Coordenação de Habitação, Secretaria Municipal da Assistência Social, Secretaria Municipal da Saúde, em plantão intermitente, assim como os serviços da Guarda Civil Municipal e SMTT.

    CONTINUE LENDO
  • SOS BA-142: Manifestantes bloqueiam rodovia entre Tanhaçu e Ituaçu

    Foto: Blog Chapada

    A Ba-142, trecho entre Tanhaçu a Ituaçu está parcialmente interditada na manhã desta segunda-feira (01). Populares se uniram no movimento S.O.S B-142, e bloquearam a rodovia reivindicando a reconstrução.

    A Polícia Rodoviária se encontra no local tentando negociar a liberação. O movimento é pacífico e ganhou o apoio até mesmo de toda a população. Um grande engarrafamento se formou, e apenas veículos de urgência e emergência estão sendo liberados.

    A Reportagem do Blog Chapada está acompanhando tudo é logo mais tem o vídeo com a reportagem completa.

  • Chapada: SAC Móvel atende população do município de Itaberaba

    Foto: Divulgação

    O SAC Móvel está no município de Itaberaba, no centro norte do estado, onde presta atendimento nesta quinta (21) e sexta-feira (22). A unidade itinerante oferece os serviços de emissão de carteira de identidade (primeira e segunda vias), de CPF e de certidão de antecedentes criminais, além de atendimento previdenciário para servidores públicos estaduais. 

    Devido a uma mudança no sistema, as carteiras de identidade serão entregues em um prazo entre 15 e 30 dias. O prazo exato e o local de entrega será discriminado no Protocolo de Atendimento entregue ao cidadão.

    Na sequência, a chamada Rota 1 do SAC Móvel irá para Itiruçu e Cravolândia, situadas na região do Vale do Jiquiriçá. Em Itiruçu, a carreta do SAC Móvel atende a população no domingo (24). Em Cravolândia, a unidade presta os serviços na terça-feira (26). Nessas cidades, os RGs também serão entregues em um prazo entre 15 e 30 dias.

     

     

    Outra carreta do SAC Móvel, a chamada Rota 2, vai visitar mais três municípios da região do Sertão do São Francisco: Casa Nova (19 e 20/3), Remanso (22 e 23/3) e Pilão Arcado (27 e 28/3). Já a Rota 3 atenderá a população dos municípios de Alcobaça (22 e 23/3) e Prado (27/3 a 28/3).

    As carretas do SAC Móvel possuem infraestrutura completa, com ar-condicionado, sistema de som, televisão e área de espera coberta. Os serviços são gratuitos, com exceção da segunda e demais vias da carteira de identidade, que custa R$ 37,77. 

    A Rede SAC possui 71 unidades de atendimento, sendo 37 postos (na capital, região metropolitana e interior) e 31 pontos SAC, unidades compactas da Rede. Para outras informações sobre serviços prestados, horários de atendimento e endereços, a Secretaria da Administração (Saeb) disponibiliza o Portal SAC, além do aplicativo e site do SAC Digital.

    CONTINUE LENDO
  • Situação precária da BA - 142, principal portal de acesso à Chapada, vira motivo de sarcasmo nas redes sociais

    Das mais variadas formas, as pessoas que necessitam transitar pela BA - 142, principalmente no trecho entre Anagé a Mucugê - ponto mais crítico está entre tanhaçu a Barra da Estiva - estão protestando devido a precariedade da pista, uma maneira de sensiilizar o Governo do Estado a realizar a reconstrução desta rodovia que é por onde escoa grande parte da produção agrícola da Chapada Diamantina e também por onde turistas do Brasil e do mundo passam para visitarem os pontos turísticos desta região.

    Situação precária da BA - 142, principal portal de acesso à Chapada, vira motivo de sarcasmo nas redes sociais

    A grande quantidade de buracos tem causado prejuísos aos condutores, acidentes e muita "dor de cabeça". Populares estão se mobilizando em Ituaçu, Tanhaçu e Barra da Estiva para um protesto onde a rodovia será bloqueada e somente ambulância terá passagem liberada.

  • Municípios que compõe o Portal da Chapada se unem em movimento pela recuperação da BA - 142

    Foto: Divulgação

    O pontapé inicial do movimento em prol da recuperação da BA 142 foi dado no último sábado, 9, durante um encontro realizado na Câmara Municipal de Barra da Estiva, com representantes dos quatro municípios integrantes do Portal da Chapada: Barra da Estiva, Ibicoara, Ituaçu e Tanhaçu.

    A pauta do encontro foi a recuperação da BA 142, sobretudo o trecho que compreende o município de Anagé até Ibicoara, parte mais crítica da estrada, que é utilizada, dentre outras finalidades, como passagem para pacientes que fazem tratamento de saúde em outros municípios, para escoamento da produção da região e turismo. 

    Municípios que compõe o Portal da Chapada se unem em movimento pela recuperação da BA - 142

    Foto: Divulgação

    Na ocasião, também foi aprovada uma carta aberta, que será entregue ao governador Rui Costa, com a solicitação da obra de recuperação, bem como a iniciativa de um abaixo-assinado, que vai recolher assinaturas de moradores dos quatro municípios. Em média, aproximadamente 100 mil pessoas são diretamente afetadas com a situação da BA 142, local onde já ocorreram diversos acidentes.

    A luta pela recuperação dessa estrada representa um esforço conjunto das cidades do Portal da Chapada, que se uniram para buscar mais desenvolvimento para a região. O asfaltamento da BA 142 vai desenvolver o potencial turístico, facilitar a locomoção dos moradores e diminuir os índices de acidente no local.

    Estiveram presentes no encontro o prefeito de Barra da Estiva, João Machado Ribeiro; o vice-prefeito de Barra da Estiva, Ernilson Martins Souza; os vereadores de Barra da Estiva: Valter silva Pereira, o presidente da Câmara, Valdinei da Silva Caíres (Bô); o vice-prefeito de Tanhaçu, José Wilton; os vereadores de Tanhaçu: Valdívio Aguiar Filho (Galego), Eduardo Santana, e o presidente da Câmara, José Wanderley Amorim; o chefe de gabinete do prefeito de Tanhaçu: José Arlindo Araújo Santana; os secretários municipais de Barra da Estiva: Charles Tony Lima, Ednaldo Silva, Adílio Ribeiro Caíres, Sirlandra de Souza Machado. 

    Colaboraram com o evento, representantes da Plenna Assessoria e o diretor presidente da empresa, Bruno Bastos.

  • Chapada: Prefeito de Morro do Chapéu é flagrado dando tapa no rosto de empresário durante discussão

    Foto: Divulgação

    O prefeito da cidade de Morro do Chapéu, na região da Chapada Diamantina, na Bahia, Léo Dourado, foi flagrado em um vídeo dando um tapa na cara de um empresário durante uma discussão em um evento político. O caso ocorreu na noite de quinta-feira (7), no Distrito do Icó, na zona rural.

    No vídeo, que circula nas redes sociais, o empresário aparece, de camisa verde, falando no microfone quando começa a discutir com o prefeito, que está ao lado. Após levar o tapa no rosto, o empresário se desequilibra e ainda tira o microfone na direção do prefeito.

    Outras pessoas que estão no local entram no meio e seguram os dois para evitar a briga.

    Por conta da confusão, o evento foi encerrado antes do horário previsto.

    O empresário que levou o tapa no rosto se chama Aderbal Oliveira, que tem uma fazenda no distrito. Ele afirmou que a comunidade estava reunida com o prefeito cobrando melhorias e que foi ofendido pelo prefeito. Ele admitiu que, na discussão, chamando o prefeito de moleque.

    Em nota, o prefeito Léo Dourado disse que o empresário desferiu insultos e xingamentos contra ele e que por inúmeros vezes também tentou agredi-lo, sendo, no entanto, contido pelas pessoas.

    O prefeito ainda disse que tentou ser o mais cordial possível, mas que chegou ao limite e, de cabeça, quente revidou. Na nota, ele ainda pediu perdão a todos os presentes na reunião e disse reconhecer os seus excessos.

    Até esta sexta-feira, o empresário agredido não tinha registrado nenhuma queixa.

    CONTINUE LENDO
  • Rede hoteleira alcança grande ocupação na Chapada Diamantina durante o Carnaval

    Foto: Blog Chapada

    Com natureza exuberante e atrativos históricos, a Chapada Diamantina é um dos destinos turísticos da Bahia perfeitos para quem quis sair do clima de Carnaval. Visitantes em busca de ecoturismo ou descanso promovem a excelente ocupação dos hotéis de municípios como Mucugê e Lençóis. Trilhas, banhos de cachoeira são alternativas para aproveitar o dia. Á noite, uma boa pedida é provar a boa comida regional.

    Com 1,8 mil leitos, Mugucê, uma das cidades mais charmosas da Chapada, registra 100% de ocupação nos hotéis e pousadas. A estimativa é de que mais de cinco mil pessoas passaram por lá até terça-feira (5). De acordo com o secretário municipal de Turismo, Euvaldo Ribeiro, os 20 meios de hospedagem recebem muitos baianos neste período.
     

    “São visitantes de Salvador, Vitória da Conquista e Feira de Santana, mas também de outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Sergipe, que procuram sair do agito de grandes carnavais”, explicou Euvaldo.

    Em Lençóis, a média alcançada é de 97%, segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Anselmo Macedo. A rede hoteleira local tem quatro mil leitos. Os principais visitantes são de Salvador e cidades vizinhas, além de paulistas, cariocas e mineiros. 

    CONTINUE LENDO
  • Unidade da Cipe Chapada passa a contar com apoio canino

    Foto: Divulgação | SSP

    O trabalho dos integrantes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Chapada contará com um novo suporte a partir de março, quando terá inaugurado em sua sede o primeiro canil setorial. Um cão, da raça Pastor Belga Mallinois, vai compor o efetivo da companhia a partir do dia 11.

    Segundo o comandante da unidade, major Ricardo Passos, a chegada do cão farejador aumentará a eficiência nas ações de combate ao tráfico de drogas. “Seu trabalho será na busca de entorpecentes, colaborando na diminuição do tempo/resposta que teremos”, disse.

    Passos pontuou ainda que será firmada uma parceria entre a Cipe Chapada e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), com o objetivo de auxiliar os policiais nas abordagens de veículos e de caminhões cargueiros que trafegam pela Rodovia Mílton Santos (BR-242), principal corredor que liga a região Oeste a Salvador.

    “O faro do pastor belga otimizará o trabalho da guarnição na procura das drogas em malas, painéis e fundos falsos dos veículos”, explicou, lembrando que este cão já vem sendo treinado por equipes da Cipe Sudoeste. 

    CONTINUE LENDO
  • MPs recomendam que Inema comprove fiscalização e controle sobre uso das águas da Bacia do Paraguaçu

    Foto: Blog Chapada

    Buscar um plano de operação da Usina Hidrelétrica Pedra do Cavalo que não prejudique o equilíbrio ambiental da Reserva Extrativista (Resex) Baía do Iguape – situada 20 km abaixo da hidrelétrica. Este é o objetivo dos Ministérios Públicos (MPs) Federal (MPF) e do Estado da Bahia (MPBA), que expediram recomendação conjunta ao Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), requerendo a apresentação de dados que evidenciem a efetiva fiscalização do uso da água dos rios que compõem a Bacia do Paraguaçu.

    Conforme informações prestadas pelo próprio Inema, a Bacia Hidrográfica do Paraguaçu, localizada no centro-oeste da Bahia, possui uma área total de 54.877 km2, correspondendo a 10% de todo o território da Bahia, englobando total ou parcialmente 86 municípios. O uso das águas da bacia interfere diretamente na Barragem de Pedra do Cavalo, e pode trazer consequências drásticas à Resex, afetando a vida de milhares de famílias extrativistas -incluindo remanescentes de quilombolas – que habitam a região e vivem dos recursos da reserva há cerca de 20 anos. A fiscalização do uso da água da bacia é essencial, para que seja possível estudar e determinar uma vazão de água que permita a operação da usina sem afetar o equilíbrio ambiental da reserva.

    O Inema é o órgão responsável por conceder a licença ambiental e fiscalizar as concessões fornecidas pelo estado para a captação, o barramento e o despejo de resíduos na bacia hidrográfica – inclusive se estes resíduos foram devidamente tratados para evitar a poluição das águas. A ele cabe, também, exercer poder de polícia administrativa em relação às atividades com potencial de degradar o meio ambiente, aplicando advertências, multas, apreensão, embargo, interdição temporários e suspensão parcial de atividades de maneira preventiva ou corretiva.

    Na recomendação, os MPs requerem, entre outras medidas, que o Inema preste informações, dentro de 30 dias, sobre todas as concessões atualmente vigentes dos múltiplos usos das águas da Bacia Hidrográfica do Paraguaçu, e dos critérios para autorização destas concessões. O instituto deverá, ainda, empreender esforços para fiscalizar e combater as ligações clandestinas e usos irregulares das águas, apresentando também dentro de 30 dias, o cronograma de fiscalização das ligações clandestinas e usos irregulares para o ano de 2019 e o prazo para informação do resultado destas fiscalizações aos MPs. A recomendação demanda, ainda, a apresentação de estudo detalhado sobre o processo de eutrofização – crescimento excessivo de plantas aquáticas em níveis que afetem a utilização normal e desejável da água – de toda a Bacia Hidrográfica do Paraguaçu, necessário para auxiliar a tomada de decisão sobre o plano de funcionamento do Complexo Pedra do Cavalo.

    A recomendação, assinada em 1º de fevereiro, concedeu o prazo de dez dias úteis para que o Inema informe sobre o acatamento ou não da recomendação, contados a partir do recebimento da mesma.

    CONTINUE LENDO
  • Chapada Diamantina: Polícia apreende 850 kg de explosivos em Novo Horizonte

    Foto: Divulgação SSP-BA

    Cerca de 850 kg de explosivos que, segundo a polícia, seriam destinados a quadrilhas de roubos a bancos e carros-fortes, foram apreendidos na noite de terça-feira (12) na cidade de Novo Horizonte, na região da Chapada Diamantina, na Bahia.

    De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o material foi encontrado em um esconderijo no povoado de Palmeirinha. Os suspeitos de serem os donos do material conseguiram fugir.

    A SSP informou que os policiais chegaram a um esconderijo usado por contrabandistas, após denúncias anônimas. Como existe atividade de mineração na região, a SSP informou que as ações preventivas são intensificadas para impedir os desvios.

    Na casa usada pelos criminosos foram encontrados 400 kg de emulsão (popularmente denominadas bananas de dinamite), 315 kg de explosivos granulados, pouco mais de 100 kg de substância usadas para confecção de artefatos, 1.500 espoletas, cordel, entre outros materiais.

    O caso foi registrado na Delegacia Territorial de Seabra.

    CONTINUE LENDO
  • Prefeitos do Consórcio Chapada Forte se reúnem com secretário da Saúde

    Foto: Divulgação

    As demandas da saúde dos territórios da Chapada Diamantina e Piemonte do Paraguaçu foram apresentadas pelo Consórcio Chapada Forte ao secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, nesta terça-feira (5). O encontro reuniu, no prédio da SESAB em Salvador, prefeitos de 12 municípios com o intuito de buscar melhorias para o atendimento no Hospital Regional da Chapada, em Seabra, e criação do Consórcio de Saúde da região.

    O presidente do Chapada Forte e prefeito de Andaraí, João Lúcio, avaliou a reunião como resolutiva. “Esclarecemos alguns pontos, encaminhamos outros. Acredito que foi muito importante para consolidar o desejo de criação do consórcio de Saúde e viabilizar a construção da policlínica”, ressaltou. Os municípios foram orientados a agendar a assembleia de criação do consórcio para formalizar parceria com o governo do estado.

    Prefeitos do Consórcio Chapada Forte se reúnem com secretário da Saúde

    Presidente do Chapada Forte e prefeito de Andaraí, João Lúcio | Foto: Divulgação

    O prefeito de Itaberaba, Ricardo Mascarenhas, informou ao secretário que 11 municípios já manifestaram interesse na formação do consórcio e que Itaberaba dispõe de um terreno às margens da BR 152 para abrigar a construção da policlínica. “A região tem 40 mil pessoas para serem atendidas. A policlínica é um projeto de sucesso do governo do estado que está dando certo e esperamos materializar na Chapada”, reforçou ao entregar ao secretário o ofício com os municípios interessados em implantar o consórcio de saúde.

    O Hospital Regional da Chapada foi outra pauta da conversa com Fábio Vilas-Boas. Problemas com a entrega de laudos de exames, agendamento de cirurgias e regulação foram apresentados. Os gestores também se queixaram da interferência política no atendimento aos pacientes regulados pelo município. Os prefeitos de Abaíra, Edval Luz, e de Mugugê, Manoel Luz, afirmaram que apesar de seguir todos os procedimentos legais da regulação não conseguem atendimento para os doentes.

    Em resposta, Fábio Vilas-Boas foi enfático: “a saúde não tem partido”. O gestor solicitou que os prefeitos indicassem os nomes de funcionários que por algum motivo estariam prejudicando o atendimento na unidade. “A gente não permite que nenhum hospital receba esse tipo de influência”, reforçou. O fato havia sido alvo de uma moção de repúdio aprovado em assembleia pelo Consórcio Chapada Forte e agora será tratado pela Sesab.

    A reunião contou ainda com a presença dos prefeitos Adenilton Meira de Marcionílio Souza, Edimário de Novais de Iraquara, Elter Bastos de Wagner, Marcos Mota de Lajedinho, Marcos Airton Araújo de Lençóis, Helder Lopes Campos de Boa Vista do Tupim, Guilma Soares de Nova Redenção e Aurélio Fagundes de Boninal. 

    CONTINUE LENDO
  • Interceptado criminoso que roubava celulares na Chapada Diamantina

    Foto: Divulgação Polícia Militar

    Orderio da Hora Barreto, 31 anos, criminoso responsável por roubar smartphones em Salvador, foi interceptado, na madrugada desta terça-feira (5), por uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Chapada, em uma blitz realizada na BA-046, principal ligação entre a BR-116 e as cidades da Chapada Diamantina. Três aparelhos foram encontrados. 

    Segundo informou o comandante da especializada, major Ricardo Passos Conceição, feita a abordagem, chamou atenção dos policiais a quantidade de celulares encontradas com Orderio. “Perguntamos a quem pertencia os três celulares e de início ele informou que eram dele”, disse. 

    O oficial ainda explicou que essas barreiras têm sido montadas diariamente em pontos estratégicos das rodovias para evitar qualquer tentativa de roubo a banco na região da Chapada Diamantina. 

    Ordério foi encaminhado para a 1ª Delegacia Territorial de Itaberaba, onde segundo a delegada plantonista, Rita Valeria Nascimento Silva Conti Rocha, ele já possui passagens pela polícia por tráfico de drogas e assalto a coletivo em Salvador.

    CONTINUE LENDO
  • Chapada Diamantina recebe cadeira adaptada para pessoas com dificuldade de locomoção

    Foto: Guia da Chapada Diamantina

    A Chapada Diamantina acaba de ser presenteada com a “Julietti”, uma cadeira de uma roda adaptada para ser utilizadas nas trilhas por pessoas com dificuldade de locomoção. 
    A cadeira é fruto do projeto Montanha para Todos, que busca tornar áreas naturais mais acessíveis para este público.
    “Estamos MUITO felizes e sonhando em ver a Julietti rodando pelas trilhas da Chapada Diamantina” comenta Vanessa Almeida, diretora da agência Nas Alturas, tutora da cadeira na região.

    Projeto Montanha para Todos

    A ONG Montanha para Todos foi fundada pelo casal Juliana e Guilherme. Apaixonados por trilhas, montanhas e viagens, caminharam por mais de 30 lugares diferentes, até que Juliana teve um câncer de mama. Com apoio da família e com muita determinação, o casal venceu esta batalha.
    Após a cura, o casal decidiu então ter um filho. Juliana engravidou, mas durante a gravidez, um novo problema de saúde apareceu: Degeneração Cerebelar Paraneoplásica, uma síndrome neurológica extremamente rara, por conta do reaparecimento do câncer. Com muita luta, Juliana conseguiu concluir a gravidez e o pequeno Benjamin nasceu!
    O amor do casal pelas montanhas continuava, mas Juliana já não conseguia mais chegar a elas. Para fazer a Juliana viver a vida do jeito que ela estava se impondo, Guilherme fez uma promessa a sua esposa:

    “Onde você quiser ir, eu vou te levar!“

    A partir daí iniciou-se uma mobilização entre marido, esposa e amigos. Depois de algumas tentativas, Guilherme levou Juliana para as montanhas com uma nova companheira, a “Julietti”, uma cadeira adaptada desenhada especialmente para a Juliana. A cadeira deu tão certo que a ideia é que ela, a Julietti, seja acessível ao maior número de pessoas portadoras de outras deficiência.
    E assim nasceu o projeto: MONTANHA PARA TODOS!

    CONTINUE LENDO